Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > A VISÃO DA AMENDOEIRA

Estudos da Célula

A VISÃO DA AMENDOEIRA
 

A Visão da Amendoeira (Ricardo Wagner, ap.)

O profeta Jeremias viveu em Judá num período lamentável. O afastamento dos preceitos de Deus estava latente naquela nação e o paganismo se espalhava rapidamente. Como se isto não fosse o suficiente, o cenário internacional estava fervilhando. Foi um período de uma grande e constante tensão política entre as potências mundiais da época: Egito, Babilônia e Assíria. Neste ínterim, o profeta Jeremias presenciou a invasão de Jerusalém e sua consequente destruição. Deus pediu-lhe para não se casar e não ter filhos como personificação da desgraça que se abatia sobre Jerusalém.

Jr 16:2-4 – “2 Não tomarás mulher, não terás filhos nem filhas neste lugar. 3 Porque assim diz o SENHOR acerca dos filhos e das filhas que nascerem neste lugar, acerca das mães que os tiverem e dos pais que os gerarem nesta terra: 4 Morrerão vitimados de enfermidades e não serão pranteados, nem sepultados; servirão de esterco para a terra. A espada e a fome os consumirão, e o seu cadáver servirá de pasto às aves do céu e aos animais da terra.”

Apesar de Jeremias ter vivido numa época tão conturbada da história e ter visto e descrito tanta destruição ( no livro de Lamentações de Jeremias), sendo nominado de “profeta chorão”, ele foi um eterno otimista a ponto de escrever:

Lm 3:21 – “Quero trazer à memória o que me pode dar esperança.”

No início de seu chamado ele argumentou em vão diante de Deus, pensando não ser capaz para cumprir seu ministério profético. Mas Deus o confirmou e o animou através de uma palavra muito inspiradora, mesmo diante da apostasia e destruição eminente de Jerusalém:

Jr 1:11-12 – “11 Veio ainda a palavra do SENHOR, dizendo: Que vês tu, Jeremias? Respondi: vejo uma vara de amendoeira. 12 Disse-me o SENHOR: Viste bem, porque eu velo sobre a minha palavra para a cumprir.”

A amendoeira é considerada a “despertadora” na cultura hebraica. A amendoeira é a primeira árvore que desperta do sono invernal e floresce antes do fim do inverno. Daí vem seu nome em hebraico “shaked” (palavra cuja raiz no hebraico significa “apressar-se”). Deus estava dizendo que velava sobre a Sua própria palavra para a cumprir. Velar significa vigiar, apressar, antecipar, estar desperto, estar de sentinela, cuidar atentamente. A visão de Jeremias foi a de uma amendoeira cuja característica é muito parecida com a vigilância que Deus exerce sobre o Seu povo. Deus estava dizendo a Jeremias: apesar de tudo parecer seco, destruído e sem vida, Jeremias seria a amendoeira que anunciaria que havia esperança ali na frente. A Palavra de Deus se cumpriria. Esta visão da amendoeira tem três significados para nós cristãos:

a. Significa a visão da esperança na adversidade

Durante o inverno todas as folhas da amendoeira secam e caem (e da grande maioria das outras árvores também). A amendoeira parece morrer. Parece estar esquecida. Parece ter secado. Parece inútil. Assim também sobre nossas vidas chega o inverno. Não a estação climática mais fria do ano, mas o inverno das adversidades, das pressões produzidas pelas crises, pelos problemas e tribulações que enfrentamos. Nossas vidas ficam com uma aparência de morte, de falência, de crise. Ela perde a beleza, o volume, o colorido.

Mas, algo interessante acontece com a amendoeira. Antes que o inverno acabe, enquanto as demais árvores estão secas e sem frutos, ela floresce. Ela se antecipa à primavera. Ela desperta ainda no inverno. No rigor do inverno de Israel ela floresce. Por isso é tida para os israelitas como símbolo de esperança e restauração (Sl 126:4). Se tudo a sua volta está seco: casamento, relacionamentos, projetos, sonhos, sentimentos e tudo perdeu a cor e a beleza, e a vida ficou sem graça, se tudo parece ter acabado, tenha esperança na Palavra profética, ela se cumprirá! (Leia Is 55:10-11).

b. Significa a visão da vida que vence a morte

Quando chega o inverno, a amendoeira resseca e parece morta, mas antes que o inverno termine, ela renasce. Quando a liderança de Israel estava sendo questionada no deserto e o povo reclamava de Moisés e Arão, Deus mandou cada tribo colocar diante da arca da aliança uma vara e aquela que florescesse, à tribo por ela representada, caberia a liderança espiritual sobre a nação. “No dia seguinte, Moisés entrou na tenda do Testemunho, e eis que o bordão de Arão, pela casa de Levi, brotara, e, tendo inchado os gomos, produzira flores, e dava amêndoas” (Nm 17:8). A amendoeira em Israel sempre foi símbolo da ressurreição, símbolo de que vamos ter um futuro.

c. Significa a visão da frutificação contínua

A amendoeira é a única árvore que frutifica o ano inteiro em Israel. Nem mesmo o inverno interrompe este ciclo. Está constantemente se renovando e produzindo (Leia Sl 1:2-3). Isto nos ensina que a Palavra de Deus nos capacita a ser uma bênção constante para o mundo. Como a ordem dada a Abraão: “Sê tu uma bênção”!

PERGUNTAS: Como esta metáfora da amendoeira pode se encaixar à situação que temos vivido hoje? A amendoeira simboliza o profeta e a palavra profética. Por que? Como se aplica isto a nossa vida hoje?

 

Reunião da Célula

1. Encontro

a. Enquanto as pessoas forem chegando, você pode deixar uma música de fundo rodando no ambiente. Isto ajuda a preparar o ambiente para célula e deixa mais descontraído.

b. Nunca deixe de dar muita atenção para os novos na célula. Eles precisam se sentir especiais (como realmente são).

c. Peça para as pessoas que trouxeram os visitantes, apresentarem estas pessoas. Receba a todos com muita expectativa e amor.

d. Quebra Gelo: Pergunta: Qual a fruta que você mais gosta de comer? Porque?

2. Exaltação

a. Se houver possibilidade, cante dois cânticos bem alegres. Se não há quem toque um instrumento, seria interessante que se tenha um aparelho de som e se colocasse uma música pré-selecionada que todos possam cantar juntos. Pode ser até um celular.

b. A presença de Deus é que faz com que as pessoas sejam transformadas na célula. Então valorize este momento para todos entenderem que sobretudo a presença de Deus deve ser valorizada e desejada.

c. Ore pelo andamento da célula e por cada pessoa!

3. Edificação

a. Estamos vivendo dias difíceis. Mas houveram na história outros momentos como estes. Homens de Deus vivenciaram tempos difíceis como os nossos. Podemos aprender muitas coisas com suas experiências.

b. Esta ministração tem o objetivo de levar os membros de nossa célula a aprender a ver compreender os tempos com a visão de Deus e com isto poder entender claramente a situação e se comportar conforme o Senhor nos ensina.

4. Evangelismo

a. Ore para que as pessoas de sua célula aprendam a entender os tempos que vivemos com o pano de fundo da Palavra Profética, entendendo que não estamos no fim, mas num momento da caminhada que nos fará ainda mais fortes.

b. Ore sempre pelas necessidades das pessoas (pode fazer uso da cadeira da bênção para esta oração).

c. Aproveite para levar as pessoas que ainda não conhecem a Jesus a se entregarem a ele.

d. Ore pelas pessoas que estão na lista de oração. Faça algo criativo para elas sentirem verdadeiramente que esta lista é muito importante.

e. Dê os avisos necessários.

f. Orem pela liderança da sua igreja e da Rede Apostólica.

g. NUNCA deixe de compartilhar os objetivos da célula, discutir como estão avançando nestes objetivos, estabelecer estratégias e orar por eles. Faça SEMPRE isto.

h. Não esqueça de fazer mensalmente a REUNIÃO FESTIVA para facilitar trazer novas pessoas para a célula.

Observação: Em momentos de dificuldade temos comumente o costume de deixar algumas coisas de lado que a primeira vista não parecem importantes. Mas precisamos entender que todo sistema celular é uma engrenagem. Tudo tem seu lugar. Não podemos deixar de lado nenhuma engrenagem. As reuniões de célula são fundamentais. As reuniões de liderança não podem deixar de ser feitas. O contato com os membros de nossas células precisa ser mantido normalmente. Os objetivos e metas não podem ser deixados de lado. Tudo precisa estar funcionando. Não descuide de nada neste momento que somos levados a nos afastarmos de algumas coisas essenciais. (Corrigido por Prfta Eneida Wagner)

22/03/2021

Veja Mais...

01/Mar/2021

DIA MAU.