Rádio Online
 
 
pub
Home > Rede Apostólica > Vivendo a Previsão de Deus

Rede Apostólica

Vivendo a Previsão de Deus
 

Quando um pai e uma mãe estão esperando uma criança, eles têm muita expectativa para ver o rosto do bebê, o corpinho do bebê, as mãozinhas, os pezinhos, enfim, estão muito afim que seu filhinho nasça de uma vez. Mesmo assim, após saber que estão esperando seu filhinho, leva nove meses para conhecê-lo. E quando nasce, o que o pai mais quer é ficar com seu filhinho, e na maioria das vezes não consegue devido ao protocolo hospitalar. Igualmente ao desejo que o pai tem de estar com seu filho, é o desejo que Deus tem em relação a seus filhos. Ele anela por estar junto a seus filhos, porem muitas vezes seus filhos estão tão ocupados que não dão a mínima atenção a seu pai que tanto os ama. Deus quer ter uma vida de intimidade com seus filhos.

E são estes filhos cheios de intimidades com seu pai, que serão levantados para trazer a glória de Deus a suas famílias, seus bairros e suas cidades. O nosso Deus tem liberado palavras proféticas que estão em tempos de se cumprirem em nossas vidas e em nossas cidades Jr 33:14. Sua alegria e seu gozo nos alcançarão. A voz do noivo será ouvida, e a voz da noiva será para seu noivo.

Um exemplo desta relação está na vida de José. Este homem consegue nos mostrar algumas características muito forte em sua vida. Primeiramente em Gn 41:38 vimos que ele é cheio do Espírito de Deus. E da mesma forma que observamos Salomão falar em Cantares 2:08 sobre a sensibilidade da noiva em escutar a voz do noivo. Ele tinha esta afinidade com Deus. E esse é o primeiro passo para os homens e mulheres de Deus que trarão a presença de Deus.

Em segundo lugar sabemos que José vivia uma vida baseada em previsão, e não fundamentada na provisão que tinha. Isto é, José era um homem visionário, fiel ao sonho que Deus havia colocado em seu coração, que estava com sua vida baseada no futuro, nas coisas que iriam acontecer. Um homem de fé, já que a fé é evidência dos fatos que se esperam. E muitas pessoas não lembram que a esperança como a fé estão baseadas nas coisas futuras, porque se já tivermos alcançados não precisamos esperar, nem precisamos ter fé.

A provisão é definida pelas coisas que já temos para realizar algo. Já a previsão tem expectativa do que se vai alcançar no futuro. Um exemplo disso foi demonstrado numa pesquisa que foi feita a respeito da diferença dos países desenvolvidos, para os países subdesenvolvidos. E nesta foi visto que os países subdesenvolvidos se baseiam nas coisas que tem, tais como: equipamentos, materiais, maquinários, enfim o que eles possuem de objetos e profissionais. E os países desenvolvidos se baseiam nos projetos, nos objetivos que tem para alcançar, nas metas propostas.

Portanto, da mesma forma que José, um homem cheio do Espírito de Deus, temos que ser pessoas que estão baseadas no que querem alcançar. Que estejamos baseados numa previsão para as nossas vidas. Não podemos estar simplesmente baseados naquilo que possuímos de recurso para realizar o propósito de Deus em nossas vidas.

 

20/03/2005

Veja Mais...

12/Mar/2005

Ativação da Fé.

 
16/Fev/2005

Marcas Espirituais.