Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > Ser Mãe Espiritual

Estudos da Célula

Ser Mãe Espiritual
 

Quantas vezes eu quis abraçar todo o seu povo, assim como a galinha ajunta os seus pintinhos debaixo das suas asas, mas vocês não quiseram! Lucas 13:34

Muito se tem falado nas igrejas em células sobre ser “pai espiritual”. Esta mensagem vem do coração de Deus para acabar com o clero e laicato na igreja, e constituir uma geração de sacerdotes que são pais espirituais.

Êxodo 19:6 vós me sereis reino de sacerdotes e nação santa. São estas as palavras que falarás aos filhos de Israel. Apocalipse 5:10 e para o nosso Deus os constituíste reino e sacerdotes; e reinarão sobre a terra.

Todavia o papel de pai não tem sido bem entendido no plano natural nem no espiritual. O machismo fez com que gerações e gerações surgissem sobre a terra de pessoas inseguras que não receberam uma boa comunicação de amor da parte do pai. O pai segundo ditava a cultura deveria ser o juiz e um olhar bastava para obter a obediência do filho. O pai deveria ser rude e não dar toques físicos para que o filho não crescesse efeminado. Esta figura de paternidade que recebemos até agora não é o estilo que representa na íntegra a paternidade de Deus. Mas graças a Deus pelas mamães, porque elas têm amado os filhos com um amor que vem do coração de Deus, o amor de mãe. Deus tem um sentimento dentro de si em relação aos seus filhos que nem todo mundo compreende. O amor de Deus por seus filhos é chamado de ágape que significa amor que se doa, amor que paga alto preço, amor apaixonado e arrebatador, deste amor as mães compreendem.

Amor que se entrega. Quantas histórias ouvimos de mães que se sacrificaram pelos seus filhos! Mães que lutaram com leões. Recentemente uma mãe lutou com um crocodilo para livrar o filho. Deus em Jesus também se sacrificou por seus filhos. O amor doador que está no coração da mãe foi apresentado a humanidade através de Jesus, Jo 3:16. Este é o nível de amor que Deus quer restaurar nos cristãos e pais espirituais.

Amor desinteressado. Amor que não cobra nada. 1Ts 2:7 Embora pudéssemos, como enviados de Cristo, exigir de vós a nossa manutenção, todavia, nos tornamos carinhosos entre vós, qual ama que acaricia os próprios filhos. Em outra tradução (NTLH) diz: fomos como uma mãe ao cuidar dos seus filhos. Paulo comparou o amor que ele sentia pelos filhos espirituais com o amor de uma mãe, Deus precisa restaurar na igreja esta característica.

Amor insistente. Como a mãe. Jesus também comparou o amor que ele tinha pelos seus filhos ao amor de uma mãe. Lucas 13:34 Jerusalém, Jerusalém, que mata os profetas e apedreja os mensageiros que Deus lhe manda! Quantas vezes eu quis abraçar todo o seu povo, assim como a galinha ajunta os seus pintinhos debaixo das suas asas, mas vocês não quiseram! Jesus tomado por um sentimento característico de um coração de uma mãe disse; QUANTAS VEZES... Isto expressa um amor insistente, que não desiste. Muitos de nós somos como os pintinhos que andamos longe, então a mãe procura nos aproximar de seu calor e seu amor. Se você tem se sentido como este pintinho longe do carinho e da segurança da mãe, volte para lá, receba o cuidado de Jesus. Outros de nós têm a característica de tentar aproximar algum familiar ou amigo de Deus, mas se ele se mostra resistente logo desistimos. No meio da Igreja é preciso restaurar este amor insistente que não desiste. 

Deus é pai e é mãe porque ele é completo. Salmos 27:10 Porque, se meu pai e minha mãe me desampararem, o SENHOR me acolherá. Inventaram alguém para ser mãe junto com a trindade alegando que Deus precisava de um "toque feminino". Com isto dizem que Deus era incompleto. Engraçado que ele fez o céu, a terra e tudo o que nela existe inclusive aquela que agregaram como deusa á trindade. Deus é pai e Deus é mãe, ele não precisa de auxílio, não é incompleto.

Este sentimento que Deus tem evidenciado no coração de cada mãe, Ele quer fazer surgir em cada cristão por seus filhos espirituais. 1João 2:14. Temos falado de sermos pais espirituais, e hoje o Senhor nos traz a seguinte mensagem: Eu quero que a paternidade espiritual na igreja seja exercida com a autoridade de pai, mas com a paixão da mãe. Este sentimento no coração das mães devem estar em todos os nossos corações. Os homens também são chamados a serem “mães espirituais”.

Segundo esta palavra; qual o conceito de ser mãe espiritual? É exercer a paternidade com um amor ágape, amor que se doa, amor incansável, amor apaixonado, amor insistente e que não desiste de seu filho espiritual.

Vanderlei Cardoso, pastor

09/05/2005

Veja Mais...