Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > A SEGUNDA CHANCE

Estudos da Célula

A SEGUNDA CHANCE
 

Texto: Jn 2:10 - 3:6

Introdução

Não há uma única pessoa que não tenha experimentado o fracasso neste mundo. Às vezes, as falhas na vida podem deixar ferimentos graves que não são facilmente curados. No entanto, o fracasso é apenas um treinamento para um amanhã melhor. Na falha devemos nos humilhar e encontrar a vontade do Senhor. O Senhor sempre nos dará uma nova chance!

  1. 1.      Jonas desobedeceu a vontade de Deus (Jn 1:2-3)

Nínive era uma metrópole da Assíria. Tinha 76 Km de perímetro, igual a três dias de caminhada. Foi fundada por Ninrode (aquele que deu início a Torre de Babel). Era a sede da deusa Ishtar, ou seja, uma cidade com um alto nível de idolatria. Provavelmente era a maior cidade do mundo naquela época. Cidade que reinava sobre os reis da terra.

Deus disse a Jonas para ir a Nínive e pregar a Palavra de Deus. No entanto, como Jonas não queria pregar a Palavra em Nínive, pois era seu país inimigo, ele desobedeceu a Deus e tomou um navio para Társis.

Todos os problemas começam com uma vida autocentrada, diferentemente duma vida centrada em Deus.

Depois que o apóstolo Paulo encontrou Jesus ele confessou: "Eu fui crucificado com Cristo e vivo pela fé no Filho de Deus" (Gl 2:20). Só Jesus deve ser o Senhor da nossa vida. Portanto, devemos sempre buscar primeiro a vontade do nosso Deus.

  1. 2.      Jonas encontrou a tempestade (Jn 1:4)

Jonas desobedeceu a vontade de Deus e embarcou em um navio para Társis e encontrou uma tempestade (Jn 1:5). Provações e problemas surgem quando tentamos viver de acordo com a nossa vontade. Ou, como aconteceu com Abraão, José e Moisés, o problema pode vir como um treinamento de Deus para nos tornar melhores e maiores.

Quando estamos nesta situação de apuros, precisamos saber que a vontade de Deus é que nos arrependemos, retornamos ao Senhor e firmamos nossa fé. Quando fizermos isso, Deus transforma nossas dificuldades em bênçãos.

Rm 5: 3-4 – “E não somente isto, mas também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança; e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança.”

Quando Jonas percebeu que a violenta tempestade havia chegado ao navio por causa de sua desobediência, ele disse aos passageiros para jogá-lo no mar (Jn 1:10-12). Depois que Jonas enfrentou a tempestade, ele começou a ser quebrado.

PERGUNTAS: Você já fez algo errado ou tomou uma decisão errada que trouxe consequências negativas em sua vida. Compartilhe!

  1. 3.      Jonas ficou confinado dentro do peixe (Jn 1:17)

Deus providenciou um grande peixe que engoliu Jonas quando foi jogado no mar (Jn 1:17). Durante três dias Jonas ficou na barriga do peixe e experimentou uma mudança notável. Jonas orou a Deus e creu que lhe responderia (Jn 2:2).

Você está tendo um problema? Clame a Deus em oração (Jr 33: 3). Peça a Deus para ajudá-lo.

  1. 4.      Foi dada uma segunda chance a Jonas (Jn 2:9)

Jonas, agora transformado, deu graças ao Senhor e confessou que cumpriria seu voto a Deus e que a salvação vinha do Senhor. Então o peixe vomitou Jonas em terra seca (Jn 2:10).

Quando saiu da barriga do peixe, Deus deu a Jonas mais uma vez uma missão (Jn 3:1-2), e através da pregação de Jonas (Jn 3:3) Nínive teve um grande avivamento (Jn 3:4-5).

Uma crise é um processo para um amanhã melhor. Use as crises para criar uma oportunidade para a fé. Quando nos arrependemos, podemos avançar e o Senhor certamente nos encherá de mais bons frutos, ainda melhor do que antes.

PERGUNTAS: Se você estiver em uma situação de dificuldades e voltar-se ao Senhor, Ele lhe atenderá. Você já experimentou a mão de Deus livrando você das consequências do pecado? Ou se você está andando num caminho errado é tempo de voltar-se a Deus. Compartilhe sua dificuldade e decida tomar um novo caminho.

Ricardo Wagner, ap.

04/06/2018

Veja Mais...

11/Jun/2018

O DESCANSO DE DEUS.

 
18/Jun/2018

OS MEDOS DE MOISÉS.

 
27/Fev/2018

O TIPO DE AMOR DE DEUS.

 
27/Fev/2018

NÃO LIMITE DEUS.

 
21/Fev/2018

CONHECER A DEUS.